Os Pitacos do Macho (Parte XLIX)

*
Por Marcelo Duarte Souza


SOB CONTROLE

Boa parte da sociedade quer impor as regras sobre a vida de cada indivíduo de acordo com seus interesses hipócritas!!
Determina qual profissão você deve seguir, qual Escola deve frequentar e etc...
Exige que se case numa igreja conhecida, de paletó e gravata, véu e grinalda, e principalmente com padrinhos influentes!!
Dita as regras da convivência, quando e quantos filhos deverá ter...
Critica suas vestes como se suas roupas representassem seu conteúdo...
Escolhe qual tipo de amigo, quais lugares deve frequentar, quais tendências a seguir...
Ou seja, querem nortear sua vida como se fossem exemplos vivos de sucesso!!
Querem justificar seus fracassos sufocando os outros e assim por diante...
Mas ainda bem que nem todo mundo está a mercê de tais controles!!
Ainda bem...

(Macho)


RECOMEÇOS

Na janela do quarto, distraído, pensamentos bagunçados,
Cabisbaixo, olhos fixos, desolados...
Dia frio, acinzentado, vidros embaçados.
Via os campos tão vazios, por nós antes povoados...
Lembranças das manhãs, nos amando abraçados!!
Era um sonho acordado, sempre em ti entrelaçado...
Pensativo me culpava, pois partiu sem dizer nada!!
Sua pegada na estrada, só de ida se mostrava...
Procurei por qual razão, sem resposta me deixava!!
Solidão se fez presente, só a dúvida se arrastava...
Sempre soube dos perigos, mas de ti não esperava,
Sumiu determinada a seguir sua caminhada...
Me propus um desafio, ser feliz com novo amor,
Esquecer aquela dor, preencher o tal vazio...
E tomando esse propósito, bem no peito me brotou,
Coração acelerou, pois alguém se aproximou!!
Foi aí que me encontrei, alegria retomei,
De chorar eu me cansei, pois por outra me apaixonei...

(Macho)


INVERSÃO

Eis que o mundo ficou louco, mas no fundo sempre foi!!
Pois não há quem nunca viu uma injustiça, um ato desumano ou coisa parecida...
Cada um procurando ser melhor que o outro, sem a mínima noção, ou melhor, sem a mínima intenção de humanidade, de cidadania!!
E aqueles poucos que procuram viver de forma mais coerente, mais prudente e mais honesta com o seu próximo acabam sufocados, esmagados pelo peso do sistema que promove os mais espertos!!
Padrinhos da corrupção, amantes da desordem, adoradores do próprio umbigo!!
Pra se viver com o mínimo de dignidade os bons estão tendo que se camuflar criando uma verdadeira bolha para si próprios, para não serem engolidos em pouco tempo!!
Um verdadeiro disfarce onde o contrário deveria prevalecer...
O mal é quem deveria de esconder da maioria do bem!!
Mas infelizmente trata-se de uma utopia...
Um sonho difícil, quase impossível de se concretizar, pois parece que os podres estão cada vez mais fortes e com alto poder de contaminação.
Uma pena, uma pena... 

(Macho)

Comentários