Dia de Leitura movimenta comunidade em Souto Soares

Fotografias: Vilma Pires
Por Vilma Pires


“Lê-se para entender o mundo, para viver melhor. Em nossa cultura, quanto mais abrangente a concepção de mundo e de vida, mais intensamente se lê, numa espiral quase sem fim, que pode e deve começar na escola, mas pode (nem costuma) encerrar-se nela. ”(LAJOLO, 1995).

Nesta perspectiva, O Projeto Institucional de Leitura - Caminhos para o futuro, desenvolvido pela Escola Florentino Gaspar Dourado em Campo Alegre, Souto Soares-BA, teve seu início no último sábado, dia 20 de abril. O objetivo maior do projeto é desenvolver o gosto pela leitura, contribuindo para formação de leitores autônomos e competentes.

Mesmo sendo um sábado, os alunos compareceram e o que se viu foi um momento de muita descontração. O bibliotecário, Manoel Messias, apresentou as obras mais lidas no ano de 2012 pelos alunos e funcionários, a coordenadora do fundamental II, Marlete Araújo, fez uma explanação sobre o projeto, para que os alunos conhecessem o passo a passo do que será desenvolvido ao longo do ano dentro do projeto.

Alguns professores fizeram indicações literárias, mas os alunos se encantaram mesmo foi com o conto “O macaco e a velha”, que foi mostrado em vídeo. E como não poderia deixar de faltar, as belas apresentações da pró Telma Santana também deram o tom. Dessa vez, ela foi “a Dona Baratinha”, dramatizou a história juntamente com seus alunos da 4ª série, que interpretaram muito bem, sendo muito aplaudidos. 

Houve o momento final, em que os alunos se dividiram na sala de aula e diante de várias obras literárias escolheram uma para ler. Logo após eles fizeram uma avaliação do dia, dizendo o que gostou, o que não gostou, quais sugestões para o próximo encontro. Depois desse momento, os professores reuniram para também avaliar todo o trabalho em cima das avaliações dos alunos.

Notamos, ao final, que precisamos nos empenhar mais na tentativa de despertar no aluno o gosto pela leitura, já ainda temos uma grande maioria que resiste, por isso precisamos motivá-los, pois como diz Ângela Kleimam: “Uma leitura desmotivada não produz a aprendizagem”.

Clique nas imagens para ampliar:











Comentários

tairine disse…
a partir de ações como essa cresce cidadãos preocupados com a sociedade
Vilma Pires disse…
Sem dúvida Tairine!!